quinta-feira, 28 de julho de 2016

Homem não sabe


Homem não sabe, nunca vai saber.
Homem não sabe como é ser julgado pelo o que veste ou pelo o que calça. Não sabe como é ser visto pelo o que fala e como fala com as pessoas.
Homem não sabe como é sair na rua e ir da sua casa até o supermercado andando, e nesse caminho, mesmo sendo ele muito curto, ser vista como um pedaço de carne caminhando pela rua. Homem não sabe que 'gostosa', 'delícia', 'ô lá em casa' e outros elogios cuspidos não são elogios, são ofensas, é assédio!

Homem não sabe como se sente uma mulher quando vê que outra foi violentada, assediada, estrupada. Homem não sabe como é ter medo de sair na rua de manhã, a tarde e a noite, pois não sabe quantos homens vai encontrar pelo caminho para assediá-lo.
Homem não sabe como se sente uma mulher quando seu corpo é tocado por alguém publicamente sem permissão.

Homem não sabe a frustração e o medo de uma mulher ao utilizar um transporte coletivo lotado. Homem não sabe como é reclamar seus direitos e as pessoas acharem que você está exagerando ou criando caso. 

Homens não sabem que eles NÃO são livres para ofender mulheres publicamente com palavras na rua, nem são livres para tocar uma mulher da maneira que lhe julgar necessário seja na rua, no transporte público, na balada ou em qualquer outro lugar.

Homem não sabe como é precisar atravessar a rua para fugir de um aglomerado de homens e de um possível assédio verbal ou então precisar mudar o caminho para não passar em frente a um bar ou então uma obra.

Homens não sabem e nunca vão saber como é sentir vulnerável dentro da própria sociedade em que vive.

Homens não sabem, mas nós mulheres sabemos:
O corpo é nosso! Vestimos o que quisermos. Nosso lugar é onde a gente quiser. E devemos denunciar qualquer tipo de assédio SIM. Devemos reagir SIM. Se for preciso enfiar a mão da cara de um homem ao sofrer um assédio, devemos fazer isso SIM!

Como disse uma escritora em um dos textos mais incríveis que já li sobre o assunto e que foi publicado em Papo de Homem (http://migre.me/ut1yA)

'E você, leitor homem? Quando é abordado de forma hostil por um estranho na rua, pensa "por favor, não leve meu celular" ou "por favor, não me estupre"?'

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...