segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Só enquanto eu respirar, vou me lembrar de você...

Nesses meus 21 anos de loucuras já vividos, tem histórias para contar que eu levaria uma vida para lembrar e rir de todas. Porém as perdas, essas são memoráveis. A lembrança bate e a gente quem apanha.

Hoje estaria completando mais um ano de vida alguém que eu passaria o resto dos meus dias. Alguém que eu morro de orgulho por poder dizer: Aquele foi o CARA! Ele foi meu avô, Pai, herói. Foi gargalhadas, sorrisos e o coração de uma família toda. Foi HOMEM!

Perder um amor dói. Um amigo dói. Mas perder alguém que você têm na sua vida desde o dia que veio a esse mundão pela primeira vez, é uma dor incurável.
Você sente falta dos sorrisos no café da manhã, das piadas no fim da tarde, sente falta de vê- lo tão serenamente dormindo com uma paz no rosto impossível de ser descrita.
Você quer que ele te pegue no colo nem que fosse pela última vez, assim como fez na primeira vez em que te viu e sorriu. Você queria que por uma última vez ele baguncasse seu cabelo e passasse a mão na sua cabeça.

Poderia sentir a falta de milhões de coisas ou pessoas, ainda assim nada e nem ninguem faria sobrar tanta falta em mim como ele faz.
Queria ter presença para poder agarrar e apertar, mas hoje faço isso em pensamento e tendo a certeza de um dia poder o reencontrar.
É o meu coração inteiro que vou ter comigo pra sempre e que vai ser uma saudade eterna.

                                           Hoje o céu está em festa. Parabens meu velho!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...