sexta-feira, 20 de abril de 2012

 
Eu me apaixono, eu me doou,  me deixo levar.
Me apaixono todos os dias sim. Me apaixono por mim, pelos meus amigos, pelas pessoas que me ganham nos detalhes e nem desconfiam.
Me encanto à toa, desinteresso fácil, enjoou, não quero mais. Não confio em gente que me ama em curto tempo. Não faço mal por culpa, não peço para que gostem de mim. 
Tenho ciúmes do que é meu e do que não é e poderia ser.
Não seguro nas mãos um coração que não vou ser capaz de carregar.
Me entender e conviver todos os dias comigo é uma experiência pela qual nem eu gostaria de passar.
Sou uma paranoica, meu bem.

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...