segunda-feira, 17 de outubro de 2011

E quando elas se foram, fizeram falta.
O vazio estava ali, no meu estomago. 

As borboletas que antes chegavam causar enjôo tinham voado pra longe, longe o bastante para eu não enxergar o desengonçado vôo de cada uma.
Então novamente aprendi, que certas coisas não devem ser ditas. Essas coisas devem ser engolidas, até o fim da digestão. 
Mesmo que isso mate todas as borboletas. Não se preocupe você logo sentira fome novamente. 
O tempo se encarregará de cutucar sua gula.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...