terça-feira, 30 de agosto de 2011


(...) - Em outros termos, prefere imaginar uma relação com alguém ausente que criar laços com os que estão presentes.
- Ao contrário, talvez tente arrumar a bagunça da vida dos outros.
- E ela? E a bagunça na vida dela? Quem vai pôr ordem?


(...)"Então, minha querida Amélie, você não tem ossos de vidro.
Pode suportar os baques da vida. Se deixar passar essa chance, então, com o tempo, seu coração ficará tão seco e quebradiço quanto meu esqueleto. então, vá em frente, pelo amor de Deus."

Do filme O Fabuloso Destino de Amélie Poulain

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...